Rei do Mate celebra os 40 anos

27 de março de 2018 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

A 7ª convenção da gigante das franquias no Brasil teve gostinho especial, pela comemoração de 4 décadas de crescimento e expansão

Com o proposito de promover a interação entre os franqueados, parceiros comerciais (fornecedores de produtos e serviços) e funcionários, a festa contou com grandes atrações por meio de palestras, workshops e atividades interativas. Nomes como Ricardo Boechat, Leandro Karnal e Latino foram escolhidos para abrilhantar o evento.

Parceira desde 2010 do Rei do Mate, a Opend não poderia ficar de fora dessa grande celebração.

“Temos muita admiração pela empresa e muito orgulho de fazer parte dessa história. Como tudo que fazem, a convenção foi inovadora e consolidou o principal propósito da rede: a força do negócio está na sincronia entre a franquia e franqueados, destaca Ivan Alatxeve, diretor de relacionamento da Opend.

O evento é realizado há cada dois anos e conta com a EXPO REI DO MATE (onde alguns parceiros do Rede do Mate expõem seus produtos e tiram dúvidas). Além da premiação dos melhores franqueados de cada ano.

Foto arquivo pessoal

Neste ano, os destaques foram as novas tendências para o mercado de cafeterias e lanchonetes, como o Workshop de Harmonização Café com Cachaça. A festa contou ainda com as palestras do Ricardo Boechat e do esperado Leandro Karnal, que falou com primazia sobre protagonismo, tema bem oportuno para os negócios da rede.

 

 

 

Com ênfase total nos 40 anos da rede, o evento aconteceu nos dias 16 a 18 de março, no Grande Hotel em Campos do Jordão.

A Opend é a agência responsável por grande parte das criações de design do Rei do Mate, principalmente na parte de PDV – Ponto de vendas e materiais promocionais.

Se quiser saber mais sobre o nosso negócio acesse o site: www.opend.com.br e ou entre em contato conosco através do e-mail: contato@opend.com.br

Abraços e até a próxima!

Live marketing, uma comunicação integradíssima

22 de janeiro de 2018 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

Antes de tudo, um ano novo maravilhoso para você!

O mercado de comunicação está cada vez mais efêmero e em constante movimento, não é mesmo? Com isso, a forma de como nos comunicamos vem se diversificando e as possibilidades são cada vez mais amplas. Observando essas mudanças e a velocidade em que a comunicação se transforma, a Opend traz para 2018 mais uma nova área de negócios, o live marketing.

A partir de agora, toda a sua comunicação on e off-line pode estar centralizada em uma única agência, aquela mesma que você já confia e sabe que trará soluções personalizadas para o seu negócio.

O live markekting é a disciplina que abrange todas as ações no qual o consumidor está numa relação direta com o produto, serviço ou marca, provocando experiências que os aproxime, gerando venda ou valor.

Impactar pessoas gerando experiências com a marca, o produto e seus consumidores, essa é a grande proposta do live marketing. Ou seja, é a promoção de atividades que gerem a interlocução viva entre pessoas e marcas, provocando a compreensão de marcas e produtos.

Dentre as atividades que o live marketing oferece estão:  

  • Eventos
  • Feiras
  • Trade marketing
  • Convenções de vendas
  • Programas de incentivo
  • Programas de relacionamento
  • Materiais e ações promocionais em PDV
  • Ações BTL – Below the line – que envolve todo tipo de interatividade em comunicação.

O portal Infonauta traz uma boa definição sobre BTL. Veja!

https://infonauta.com.br/estrategias-de-marketing/265/below-the-line/

Quem veio para orquestrar a área de live marketing

Paula Aguilera irá gerenciar a nova área de Live Marketing na Opend

 

A responsável pela área será a Paula Aguilera, profissional com 18 anos de experiência em agências de propaganda e publicidade, promoção e eventos, que já atendeu diversos clientes (nacionais e multinacionais) em todas as áreas da comunicação, mas com um imenso prazer em trabalhar com eventos e live marketing, segundo a própria Paula.

 

 

“Nos conectamos com a Paula através de uma parceira de negócios, que esta a frente de uma grande empresa do setor de alimentos. A Paula é daquelas que da a cara para bater e tem muita vontade de fazer e acontecer, ela é gente como a gente, daquelas que farejamos de longe. Para a Opend será uma oportunidade e tanto de trocar experiências com essa profissional tão competente. Só temos a agradecer e seguir com vontade”, destaca Ivan Alatxeve, diretor de relacionamento da Opend.

No entanto, a nova área será composta por um time multidisciplinar e reunirá a expertise de profissionais que já estão conosco, inclusive envolvendo também a área de marketing digital, que implantamos em 2017.

Se quiser saber mais sobre o novo negócio, fale conosco através do e-mail: opend@opend.com.br e ou pelo telefone: (11) 3232-1718.

Será um prazer tomar um café e te ver logo no início de 2018!

Vamos pra cima! Feliz ano novo!

Novos serviços em 2018: live marketing e eventos corporativos

29 de novembro de 2017 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

Seguindo o dinamismo que o mundo digital requer, a Opend apresenta novos serviços

 Nos últimos anos vinhos muitas agências, mesmo as especializadas em alguns nichos de mercado ou serviços, se transformarem ou morrerem por falta de inovação. O mercado da comunicação caminha veloz e a agência que não se adaptar certamente não sobreviverá.

Sempre ressaltamos sobre a importância de focar em nichos. Porém, uma coisa é trabalhar com nichos, ser especializado em algum ou alguns segmentos de mercado, a outra e ignorar a velocidade da informação digital e não se adequar a ela.

A assessoria de imprensa, por exemplo, é um serviço de comunicação que por muitos anos foi soberano para muitas agências e para os clientes, um modelo de atuação que continua importante, porém foi completamente transformado. A era digital e a sua velocidade foi limando cada vez mais a prioridade por esse serviço, que na maioria das vezes necessita de prazos maiores para apresentar resultados.

Estar em grandes veículos e em veículos de menor circulação, porém segmentado, sempre foi uma estratégia das corporações. No entanto, não que a assessoria de imprensa tenha deixado de ter importância, mas investir em marketing digital: em conteúdos para blogs e redes sociais, abriu o caminho para novos direcionamentos na comunicação, com resultados mais constantes e rápidos.

A soberania dos rankeamentos do Google e os resultados expressivos dos investimentos em Ads, como no Facebook, vem ditando as regras da comunicação para empresas que buscam posicionamento e reconhecimento rápido.

Para acompanhar esse dinamismo, em 2017, a Opend colocou em prática sua nova área de marketing digital, que cuida da operação de ações de comunicação digital, mas principalmente prepara o cliente para atuar nesse mundo, através de um diagnóstico e planejamento estratégico de comunicação.


Leia mais… “Novos serviços em 2018: live marketing e eventos corporativos”

Ações pequenas e pontuais, mas nem tanto!

21 de novembro de 2017 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

Quando o planejamento de marketing leva o seu negócio para muitas possibilidades e ações com resultados diretos e rápidos!

Para todas as campanhas e ações de marketing que dão resultado existe um mínimo de planejamento por trás delas, independente do tamanho da campanha, planejamento é fundamental.

A ODK é uma marcenaria profissional e moderna de Curitiba, que desenvolve e executa projetos tanto para ambientes pessoais quanto para marceneiros e negócios, e apesar de estarmos localizados em São Paulo, o Grupo nos encontrou pois buscavam uma empresa de design de embalagens para dar inicio a nova fase do negócio, o e-commerce.

“Na primeira conversa com a Opend, mesmo focados no e-commerce, entendemos que precisaríamos de um planejamento para as ações da empresa, pois estávamos sem foco e sem direcionamento. Foi quando optamos por fazer um diagnóstico do negócio e um planejamento de marketing completo”, comenta Silvia Kawatani, diretora de marketing do Grupo ODK.

Como o planejamento ajudou imediatamente a ODK

Silvia destaca que uma das coisas mais benéficas e rápidas que o planejamento de marketing trouxe para o negócio foi a oportunidade de enxergar melhor a empresas e com isso desenvolver produtos para nichos preciosos e pouco explorado.


Leia mais… “Ações pequenas e pontuais, mas nem tanto!”

O papel das celebridades na divulgação e fixação da marca

31 de agosto de 2017 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

No ultimo artigo sobre a serie com o Rei do Mate vamos falar de uma super e certeira jogada de marketing. Sim, a rede é muito boa nisso, um verdadeiro exemplo a ser estudado e seguido. Confere ai!

O sonho de toda rede é poder contar com artistas de peso na sua comunicação, seja para promover a marca institucionalmente ou de um produto.

O Rei do Mate usa essa estratégia há muitos anos, o interessante é que sempre conseguiu evoluir as negociações com artistas que tem expressão de carinho pelo consumidor brasileiro e grande conexão com a marca.

Antes mesmo da moda de influenciadores digitais, que atualmente usa personalidades “celebridades ou não”, mas que influenciam de alguma forma o seu público, o RM já usava esse meio de divulgação e aproximação com seus os clientes.

Separamos um artigo da ADNews, que contextualiza de forma esclarecedora sobre o papel das celebridades no posicionamento de marcas.

O Rei do mate sempre usou esse recurso de uma forma muito próxima com os artistas contratados, uma relação não só comercial, mas de absoluto carinho por todos que participam das campanhas. Isso parece criar uma identidade maior ainda entre o público e a rede.

A participação da agência na concepção das campanhas com personalidades

Vamos citar a campanha realizada pelo Rei do Mate com o Carlos Moreno, o Carlinhos, personalidade que ficou conhecida graças ao tremendo sucesso como garoto propaganda da Bombril.

“A ideia do projeto com o Carlinhos extrapolou o âmbito da licença apenas com o Artista, tivemos que negociar, na época, com a Bombril, pois a ideia do Rei do Mate era utilizar a famosa campanha que atribuiu ao Bombril 1001 utilidades. No caso da rede a campanha atribuída a ele foi a de 1001 Delicias”, comenta Ivan Alatxeve, diretor de relacionamento da Opend.

Campanha do Rei do Mate com o Carlinhos.

“Felizmente a Bombril recebeu o pedido de braços abertos e conseguimos a concessão para que pudéssemos emplacar a campanha, o Carlinho Moreno entrou de cabeça no universo do Rei do Mate e o projeto foi um grande sucesso”, destaca.

O Carlinhos foi o ícone para o cardápio do Rei do Mate, para fortalecer ainda mais a diversidade de produtos e delicias que a rede oferece aos clientes nos PDV,s.

Além da campanha 1001 delicias, no mesmo período aproveitamos a pluralidade do Carlinhos e fizemos uma brincadeira com a Narcisa e o Carlinhos para o fortalecimento do Açai na rede. Mais um sucesso de campanha!

A Opend é a agência que atende o Rei do Mate e também participou do processo de negociações com a Bombril e Carlos Moreno, além do desenvolvimento criativo da maioria destes materiais.

Se quiser saber mais sobre campanhas de marketing para varejo, fale conosco! 

E para conhecer um pouco mais dessa história entre a agência e o Rei do Mate leia esse artigo.

A evolução nos pontos de venda e o papel da agência de comunicação

22 de agosto de 2017 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

O conceito de PDV no Brasil vem sendo modificado. Nos últimos anos, a maioria das redes de varejo, principalmente de alimentos, tem passado por um processo de retrofit, termo empregado para se referir à modernização de algum material ou negócio já considerado ultrapassado ou, ainda, à reorganização na aplicação de materiais em geral.

Para contextualizar, tomemos como exemplo o Rei do Mate, cliente da Opend há mais de 6 anos, que passou pelo processo de organização e de evolução dos PDVs em toda a rede. Sempre foi estratégia da marca utilizar quadros de produtos dentro das lojas como principal meio de comunicação interna.

Embora essa forma de comunicação continue até hoje, há pouco tempo foi feita uma reorganização interna, que resultou na combinação de medidas de quadros que fossem complementares.

Alguns novos formatos desses quadros foram estratégicos não somente para melhor ocupação do espaço interno, mas também pela visibilidade e pela economia de escala com o fornecedor de impressão do material final.

Exemplificando: os quadros horizontais ganharam medidas de 1,20 x 60, e os verticais, de 60 x 1,20, com a intenção de serem combinados lado a lado. Existem ainda os quadros 45 x 60, que completam o ambiente e geram noção de organização.

Com as novas definições, as lojas chegaram a um modelo de organização muito apropriado para o espaço interno de que dispõem, contribuindo, inclusive, para a uniformização das lojas.

Como uma agência de design pode ajudar?

A Opend auxiliou o Rei do Mate na definição do padrão de identidade visual dos quadros. O desafio da agência era o de melhorar a comunicação, aumentando a visibilidade da informação no PDV, sem alterar muito as medidas.

Segundo Ivan Alatxeve, diretor de relacionamento da agência, na comunicação interna das lojas da rede, cada quadro representa uma família de produtos.

“Para manter essa métrica, a solução criada foi a de aplicar uma faixa inferior que permitisse a descrição dos produtos sempre no mesmo padrão e local, para que o cliente identificasse mais facilmente o produto que deseja, além de o planograma dos quadros ter ficado mais limpo e objetivo”, destaca Ivan.

Veja alguns exemplos:

Ainda que essas reformas tenham surtido resultado, a informação no PDV deve acompanhar o dinamismo da comunicação e, atualmente, muitas lojas estão evoluindo para painéis digitais exatamente por conta da dinâmica e da aplicabilidade.

A Opend participa do processo criativo da maioria desses materiais de PDV para o Rei do Mate. Se quiser saber mais sobre comunicação nos pontos de venda, fale conosco.

No último artigo sobre a série com o Rei do Mate, mostramos mais alguns materiais que desenvolvemos e que fazem muito sucesso na rede. Clique aqui para vê-los.

Até a próxima semana!

 

 

 

 

 

Pão de queijo: o menino dos olhos do Rei

14 de agosto de 2017 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

Embalagens criativas, produto de qualidade e marca forte = explosão de vendas

Quem disse que São Paulo não é a capital do pão de queijo? Bem, pelo menos não é o que diz as vendas mensais do rei das franquias do Brasil, o Rei do Mate.

O copão de pão de queijo, produto lançado há alguns anos é atualmente um dos itens mais vendidos na rede, mensalmente são mais de 8 milhões de pães de queijo dentro dos copões! É pãozinho de queijo que não acaba mais!

Esse case de sucesso do Rei do Mate inclui-se na serie de artigo que iremos publicar contado a história da Opend com o nosso cliente mais antigo, que temos o maior orgulho em fazer parte.

E qual o segredo de tanta aceitação para um produto, de certa forma comum? Certamente não é somente pela qualidade dele, que por sinal é uma delicia, mas tem todo um contexto de marketing envolvido. Porém, o pondo mais interessante dessa história vai muito além de esforços de marketing, tem muito a ver com: persistência.

Antônio Carlos, diretor de marketing do Rei do Mate contou que para o copão emplacar foi preciso de muita persistência. “Chegar a uma criação ideal para o produto não foi o nosso maior gargalo, difícil mesmo foi fazer com que o produto caísse no gosto do cliente. Foi preciso de muita persistência para não desistir”.

Uma aposta contemporânea e visionaria

Toda marca busca uma referência para o seu negócio, e o Rei do Mate, que já se diferenciava pela maneira nova de servir mate, criou um novo ícone para inovar também no modo de servir pão de queijo. A rede foi a primeira no Brasil e no mundo a vender mini pães de queijo em copos, primeiramente com 12 unidades e em seguida com 18.

“Para que esta dinâmica seja sempre crescente e tenha sucesso, é muito importante que a identidade visual dos copos seja sempre atualizada, para criar este dinamismo na família de Pão de Queijo. E esta foi a nossa grande contribuição”, destaca Ivan, diretor de atendimento da Opend.

A ideia do copão foi uma combinação perfeita entre sabor, identificação com a marca e atualidade. Artistas licenciados pela marca e ícones do momento compõem o formato dos copos, que podem ser levados para casa por um preço que o consumidor não percebe o valor do copo, em média de 15 reais para o copão com 18 unidades, podendo variar de preço em cada unidade.

Veja nesse vídeo como a rede utiliza personagens licenciados em suas campanhas.

Esses copos com personagens licenciados são criados periodicamente, incluindo personagens de peso como o Garfield, Tom e Jerry, Romero Britto, Gustavo Rosa, entre outros.

Alguns copos foram criados para colecionar, como os temáticos que a rede lançou com imagens do Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, e ainda as experiências com os copos em 3D. O que acaba instigando o consumidor a consumir mais pães de queijos para aumentar a sua coleção de copos.

Copão com arte tradicional e essa é mantida como base.

Se quiser saber mais como foi esse processo criativo, fale conosco.

E para conhecer um pouco mais dessa história entre a agência e o Rei do Mate leia o nosso ultimo artigo.

Boa leitura e até a próxima semana!

Quando as parcerias com alguns clientes são tão duradouras que se confundem com a nossa própria historia

3 de agosto de 2017 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

No mês de agosto faremos uma serie de artigos sobre a nossa longa trajetória como agência de design do Rei do Mate, uma história que começou antes mesmo da Opend existir. Vem com a gente!

O atendimento na rede começou em 2001 quando o Ivan Alatxeve, diretor de relacionamento da Opend, ainda era vendedor de food service na Melhor Bocado, empresa detentora da marca Dunkin Donuts, pioneira e líder no Brasil do conceito American Bakery.

“Foi uma das primeiras experiências de co-branding no Brasil, ou seja, duas marcas convivendo no mesmo espaço, na época Dunkin Donuts sendo vendido dentro das lojas do Rei do Mate através de uma torre com Donuts”, acrescenta Ivan.

Sempre foi perfil da Opend iniciar negócios por meio de um relacionamento, a cada quatro clientes da agência, três vieram por meio de relacionamentos com o mercado ou até mesmo pessoal.

“Após muitos anos de relacionamento como fornecedor de produtos do Rei do Mate, no segundo semestre de 2010 iniciamos o atendimento na rede para atendê-los como agência de design.  A Opend havia começado há muito pouco tempo as suas atividades, mesmo assim o RM acreditou em nós e nos deu a oportunidade de iniciarmos uma jornada ao lado deles”, ressalta Ivan.

Alguns dados do gigante das franquias no Brasil

O Rei do mate atualmente tem 330 lojas espelhadas por todo Brasil, em 85 cidades e 20 estados diferentes. E sua comunicação visual para as franquias é totalmente centralizada, feita pela administração do negócio. A rede cresceu 60% nos últimos 3 anos.

Todo ano a rede recebe selos de reconhecimento de revistas e órgãos especializados, em 2016 foi eleita pela ABF – Associação Brasileira de Frachising como as três melhores franquias do Brasil. 

Para Ivan o principal fator de sucesso da parceria, que se mantem até hoje, foi o relacionamento com as pessoas do RM, além da jornada anterior com o cliente, que ajudou muito na compreensão e adaptação para o atendimento.

“Olhando a exigência do RM conosco, podemos perceber o cuidado que a franqueadora tem com seus franqueados, job após job, mês após mês, ano após ano vemos e certificamos isso. Internamente sempre comentamos que se um dia investíssemos em uma franquia, certamente seríamos franqueados dos Rei do Mate” finaliza.

Entrevista com Antonio Carlos, Diretor de marketing da rede, resume um pouco da história do Rei do Mate.

De lá para cá a agência participou de muitos projetos expressivos com a rede e justamente para celebrar essa história de mais de 6 anos juntos, vamos dividir com você nos próximos artigos, alguns dos trabalhos que marcaram muito esta jornada.

Veja mais alguns artigos relacionados a relacionamento com clientes e o nosso principal negócio: design de embalagem. 

Boa leitura e até a próxima semana!

 

 

 

Feedback: qual é o peso e a medida?

13 de junho de 2017 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

Acompanhe o depoimento e dicas do site Administradores pela Coach Deborah Toschi sobre Feedback. Descubra qual é o peso e a medida correta que os gestores devem adotar.

Faz 20 anos que atuo na área de Desenvolvimento Humano. Desde sempre, ou seja, estamos falando aqui da década de 90, vejo o tema Feedback como alvo de atenção e preocupação entre os assuntos relacionados a gestão de times e liderança.

O grande “Q” da questão é sempre o peso e a medida que os gestores devem adotar no momento do feedback. Como falar? Quanto? Quando?

Fico aqui pensando se isto é algo tão importante e preocupante, seria bem interessante que este tema fosse alvo de um “case interview” para os líderes. Mas, vamos entender o que se passa na pele dos gestores. Aqueles que já vivem este cenário sabem muito bem que nem sempre é fácil. Ter a certeza e a segurança entre o peso e a medida do que é importante compartilhar com seus funcionários é algo que requer cuidado.

Eu mesma tenho algumas passagens complexas na minha trajetória. Escrevendo este artigo me fez recordar um caso bem marcante.

Eu tinha assumido uma equipe recentemente e tinha uma gestora que já apresentava um histórico de feedbacks desafiadores. Logo após o comitê de avaliação, e com os exemplos dos meus pares na memória, fui para uma sessão de feedback com todo o empenho para mostrar aquilo que tinha ouvido. Para mim era um “last call”, pois já tinha um sinal forte de desligamento à vista.

Eu fiquei uma hora e meia com ela…Com fatos e dados (muitos até descritos no relatório) tentei mostrar os pontos ali exemplificados na avaliação 360 graus. Esperava ao menos um sinal de mudança ou pelo menos abertura para que ela considerasse tudo que foi apresentado, mas não adiantou. Depois compartilhei com o meu diretor as reações e ele disse que não gastaria trinta minutos com aquele caso.

Sim, as chances eram mínimas, mas minha premissa sempre foi tentar até a última fase. Por outro lado, existem situações que não vale tanto desgaste e ali também me serviu de exemplo. Contudo, sempre temos que conduzir este processo de forma que fique claro todos os pontos. A mensagem sem sombra de dúvida foi passada.

Quero então compartilhar 5 dicas para aumentar a sua assertividade no momento de Feedback!

  1. Fatos e Dados

Quanto mais informações concretas, exemplos, situações e outros dados você tiver para exemplificar melhor. Nem sempre o nosso discurso por mais dedicado que seja deixará claro aquilo que queremos transmitir. Então, busque estes exemplos.

  1. Ouça e Pergunte

Durante a conversa, principalmente no início e no fim do encontro procure entender, do ponto de vista do funcionário, o que ele tem observado e compreendido sobre as fortalezas e seus pontos de desenvolvimento. Este ponto é muito importante não só para que o outro tenha espaço para colocar seu ponto de vista, mas para que você compreenda o quão próximo ou distante ele está das considerações que ali serão apresentadas. Este fator ajudará no alinhamento da sua comunicação.

  1. Verdade e Consequências

Sempre fale a verdade. Sim, temos a preocupação de sermos muito duros, pois na nossa cultura relacional sempre evitamos conflitos, mas acredite que a verdade sempre é a melhor aliada. Não deixe de dizer os incômodos! Na hora de falar sobre eles, mesmo quando a pessoa não percebe que aquilo é importante, procure colocar de uma forma construtiva. Aqui tem um ponto que é um grande aliado, as consequências. Se você explica o que é esperado e porque é esperado, o seu interlocutor vai aos poucos entendendo as consequências. Se ele olhar para os desafios e trabalhar em cima disso as consequências tanto para ele quanto para o time serão positivas. Caso ele decida não trabalhar estes pontos ele continuará sofrendo as consequências também. O ganho não é para empresa e sim para todos.

  1. Reconhecimento

Todos os avaliados possuem contribuições e competências que agregam valor. Então, você precisa reconhecer estes pontos. Aqui a regra também é a mesma com fatos e dados. O funcionário que é reconhecido se sentirá valorizado, e consequentemente mais encorajado para se desenvolver cada vez mais.

  1. Assumindo compromissos

O último ponto e muito importante é o compromisso. No final da conversa encerre com um espírito de parceria e comprometimento mútuo. É papel do gestor estar disponível para auxiliar e contribuir com o desenvolvimento do funcionário. Assuma este compromisso com ele, e alinhe quais são os pontos que ele se compromete a partir dali. Toda vez que elaboramos um plano de desenvolvimento fazemos com a finalidade que seja possível de ser atingido e que agregue, e não para que lá na frente os resultados esperados não sejam alcançados.

Espero que estas dicas ajudem o seu processo de gestão de equipe e autoconhecimento!

Fonte: Administradores