Novos serviços em 2018: live marketing e eventos corporativos

29 de novembro de 2017 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

Seguindo o dinamismo que o mundo digital requer, a Opend apresenta novos serviços

 Nos últimos anos vinhos muitas agências, mesmo as especializadas em alguns nichos de mercado ou serviços, se transformarem ou morrerem por falta de inovação. O mercado da comunicação caminha veloz e a agência que não se adaptar certamente não sobreviverá.

Sempre ressaltamos sobre a importância de focar em nichos. Porém, uma coisa é trabalhar com nichos, ser especializado em algum ou alguns segmentos de mercado, a outra e ignorar a velocidade da informação digital e não se adequar a ela.

A assessoria de imprensa, por exemplo, é um serviço de comunicação que por muitos anos foi soberano para muitas agências e para os clientes, um modelo de atuação que continua importante, porém foi completamente transformado. A era digital e a sua velocidade foi limando cada vez mais a prioridade por esse serviço, que na maioria das vezes necessita de prazos maiores para apresentar resultados.

Estar em grandes veículos e em veículos de menor circulação, porém segmentado, sempre foi uma estratégia das corporações. No entanto, não que a assessoria de imprensa tenha deixado de ter importância, mas investir em marketing digital: em conteúdos para blogs e redes sociais, abriu o caminho para novos direcionamentos na comunicação, com resultados mais constantes e rápidos.

A soberania dos rankeamentos do Google e os resultados expressivos dos investimentos em Ads, como no Facebook, vem ditando as regras da comunicação para empresas que buscam posicionamento e reconhecimento rápido.

Para acompanhar esse dinamismo, em 2017, a Opend colocou em prática sua nova área de marketing digital, que cuida da operação de ações de comunicação digital, mas principalmente prepara o cliente para atuar nesse mundo, através de um diagnóstico e planejamento estratégico de comunicação.


Leia mais… “Novos serviços em 2018: live marketing e eventos corporativos”

Ações pequenas e pontuais, mas nem tanto!

21 de novembro de 2017 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

Quando o planejamento de marketing leva o seu negócio para muitas possibilidades e ações com resultados diretos e rápidos!

Para todas as campanhas e ações de marketing que dão resultado existe um mínimo de planejamento por trás delas, independente do tamanho da campanha, planejamento é fundamental.

A ODK é uma marcenaria profissional e moderna de Curitiba, que desenvolve e executa projetos tanto para ambientes pessoais quanto para marceneiros e negócios, e apesar de estarmos localizados em São Paulo, o Grupo nos encontrou pois buscavam uma empresa de design de embalagens para dar inicio a nova fase do negócio, o e-commerce.

“Na primeira conversa com a Opend, mesmo focados no e-commerce, entendemos que precisaríamos de um planejamento para as ações da empresa, pois estávamos sem foco e sem direcionamento. Foi quando optamos por fazer um diagnóstico do negócio e um planejamento de marketing completo”, comenta Silvia Kawatani, diretora de marketing do Grupo ODK.

Como o planejamento ajudou imediatamente a ODK

Silvia destaca que uma das coisas mais benéficas e rápidas que o planejamento de marketing trouxe para o negócio foi a oportunidade de enxergar melhor a empresas e com isso desenvolver produtos para nichos preciosos e pouco explorado.


Leia mais… “Ações pequenas e pontuais, mas nem tanto!”

Yes, nos somos barbudos e garbosos!

13 de novembro de 2017 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

Um privilégio desenvolver produtos para o mercado de beleza masculina, que esta em franca expansão! Melhor ainda e ver esses homens garbosos, cheios de atitudes e colocando literalmente suas barbas de fora!

E por que tantos homens da noite para o dia resolveram ter barbas? Dormiram e acordaram barbudos? Provavelmente não, essa é uma tendência que vai além de fronteiras brasileiras e chega fresquinha do mundo dos influencers digitais, ditando moda e enchendo os barbudos de atitude.

Muitos dizem que ter barba é moda, outros afirmam que é estilo de vida. Mas vai muito além do modismo, barbudos de verdade estão se achando mais bonitos, estilosos, charmosos e isso não tende a acabar.

Junto com as tendências e influencias vem o fato de que o mercado esta mais preparado para atender as necessidades de quem quer ter uma barba grande, que está vinculado a uma demanda de cuidados especiais.

Se antigamente muitos homens não deixavam a barba crescer pela falta de opções de produtos para os cuidados, com o “boom “das barbearias e produtos de qualidade no mercado, o número de barbudos tende a crescer cada vez mais.

Então vamos lá…. tem muito assunto sobre o mundo dos beardeds! Mas o nosso foco é no branding!

A concepção de branding desenvolvido pela Opend

Há poucos meses desenvolvemos a concepção de marca Garboso e seus produtos, uma delicia de job que nos trouxe muitas alegrias em fazer parte, não somente pelo fato do segmento de barbearias estar em franca expansão e oferecer muitas oportunidades, mas o nosso “Boss” é um barbudo de carteirinha e incorporou definitivamente o “Bearded Man”, o que contribuiu para o projeto.

Bruno Tomaz, idealizador da Garboso!

Se em uma das frentes do projeto estava o nosso boss barbudo, do outro lado estava idealizador do Garboso, Bruno Tomaz, que já usa barba há alguns anos e sempre gostou de deixar a sua barba em ordem (segundo ele) e hidratada, mesmo antes da febre dos barbudos.

“Sempre usei produtos para barba de muitas marcas, mas nunca achei uma que me atendesse 100%. Portanto, resolvi criar a minha própria marca, em um momento que me encontrava desempregado e próximo a ter um filho. Vi que aquela era de arriscar, de fazer algo que eu gostasse e que desejava há anos”, comenta Bruno.

Foi um encontro perfeito, dois barbudos liderando o projeto de um produto com característica handmade e a Opend com o seu formato de design sobre medida, o que contribuiu muito para o resultado da marca.

Bruno descreve que o grande diferencial da Garboso é exatamente o fato de ser handmade, algo muito valorizado hoje pelos clientes deles, pois difere da maioria do que existe no mercado.

“Ser 100% natural e ter uma identidade original sempre foi a grande aposta do negócio e quando recebemos as primeiras amostras de design, foi paixão à primeira vista. Uma marca original, robusta, elegante e garbosa… rsrs. Exatamente como imaginávamos, tínhamos então, um produto de qualidade e marca incrível. O que nos deu uma força absurda para nos posicionarmos no mercado e avançar com o comercial”, enfatiza Bruno!

“Desde a criação da marca, até o público alvo, a OpenD foi incrível e inovadora. Não é só colocar um produto novo no mercado, mesmo que com a “cara ótima”, é preciso ter um plano de atuação todo desenhado, saber onde quer chegar e para quem oferecer o produto, fez toda a diferença para o sucesso que estou alcançando com a marca. Acredito que sem a OpenD, o caminho seria muito mais longo e inserto”, afirma o idealizador da Garboso.

Ele ainda acrescenta sobre a concepção da marca como um diferencial do negócio. “Todos adoram o macaquinho e o nome que, diferente das outras marcas, não é um “barba x”, “barba y” ou um “barber alguma coisa”. O visual do produto é completamente original e isso agrega demais ao produto final”.

A Garboso iniciou suas atividades comerciais no mês de julho, de 2017, e já se encontram posicionados em barbearias de renome, que inclusive, vendem produtos das mais conhecidas marcas do mercado.

O mercado de beleza masculina segue aquecido, para saber mais sobre essas tendências veja o excelente artigo da Apas – Associação Paulista de Supermercados.

A Opend é especialista em concepção e criação de branding, fazemos ainda, todo o diagnostico e planejamento do seu negócio ou produto. Vamos falar mais? opend@opend.com.br ou através do (11) 3232-1718

O briefing nosso de cada dia! 7 dicas básicas de com fazer

21 de setembro de 2017 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

Todos os dias na agência nos deparamos com problemas de entendimento entre qual a necessidade do cliente e o que realmente devemos fazer. Isso acontece, na maioria das vezes, por falta de entrega, por parte do cliente, de um briefing detalhado e preciso antes de iniciar um projeto.

A falta do briefing pode comprometer a entrega e até mesmo a qualidade do material.

Portanto, perder algumas horas com um briefing pode ajudar e muito no momento da entrega do que foi solicitado.  Além disso, ele garante que você irá receber o material mais dentro do que precisava, no prazo certo, com menos refações e mais assertividade como um todo.

  • Clareza nas informações é sinônimo de eficiência, de ambos os lados. Nunca se esqueça disso!

Contudo, não entregar um briefing correto, ou nem entregar um briefing passou a ser comum por parte de profissionais de marketing de algumas empresas. Estão pulando etapas importantíssimas na garantia do rendimento do trabalho, e agindo dessa forma, eles esquecem de algumas das regras básicas a cerca da profissão que escolheram para seguir.

Imagine se um profissional de design esquecesse ou não soubesse como, por exemplo, vetorizar uma logo? Estamos falando de tarefas básicas na rotina de um profissional de design, da mesma forma que o briefing é fundamental para quem trabalho na área de marketing.


Leia mais… “O briefing nosso de cada dia! 7 dicas básicas de com fazer”

Marketing digital: se ainda não usa é melhor dar logo o start

5 de setembro de 2017 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

Jogo de tabuleiro. Daqueles que indicam “COMECE POR AQUI”, ou “INÍCIO”, e cujo desempenho do jogador se dá no avanço de “casas” de acordo com os números sorteados. Cada partida é diferente, mas no final sabe-se exatamente aonde quer chegar.

É mais ou menos assim que funciona no marketing de conteúdo, como num jogo de rodadas independentes, mas que tem um objetivo comum: chegar no público ideal e convencê-lo de que ele precisa daquilo que você tem a oferecer.

Ocorre que, neste caso, não há uma plaquinha “comece por aqui” de maneira exata, certeira e imutável. E é aí que está o maior e melhor desafio de uma equipe que se compromete a criar um plano de ação para o seu negócio: é preciso planejar o SEU jogo.

Esses são os 3 primeiros passos que você precisa saber antes de colocar em prática qualquer ação de marketing digital:

1 – Diagnóstico:

Da mesma maneira que não se pode começar a tratar um doente sem diagnóstico correto, não se pode iniciar um plano de marketing sem saber o diagnóstico do negócio: o que o cliente tem em mãos, quais as características fundamentais do seu produto ou ideia, no que ele se diferencia dos outros, qual o estado da sua concorrência e qual o melhor caminho a se seguir.


Leia mais… “Marketing digital: se ainda não usa é melhor dar logo o start”

Como conquistar novos clientes usando as redes sociais

28 de julho de 2017 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

As redes sociais tem dominado o dia a dia das pessoas, entre horários apertados e compromissos diários, sempre sobra um tempinho para pegar o celular e dar uma olhada no que está rolando na timeline do Facebook, ver fotos no Instagram ou os novos vídeos disponíveis no canal do YouTube daquele seu artista preferido. Somos consumidos pela velocidade com que as notícias e novidades correm e a melhor forma de estar antenado é se manter conectado nas redes sociais.

Mas, verdade seja dita, ao consumir informação digital, também nos deparamos com muitos anúncios e publicidade. Ninguém quer ficar vendo propaganda por mais consumista que seja! Foi-se o tempo daquele antigo marketing que interrompe, como os comerciais que cortam o filme ou a novela, ou os panfletos entregues no semáforo sem nenhuma estratégia de público-alvo. Hoje o segredo é gerar engajamento e isso só é possível através do relacionamento entre empresa e cliente. Ainda bem que o marketing digital permite hoje, que qualquer tipo de empresa, independente do seu segmento de atuação ou tamanho, tenha a oportunidade de divulgar seus produtos e serviços e principalmente de alcançar novos clientes e seguidores com baixo investimento, usando muita criatividade.

Já que o uso das redes sociais não é mais uma tendência, mas uma atitude presente diariamente, como sua empresa pode usar esses canais para vendas? Veja algumas dicas importante para começar hoje a usar as redes sociais para negócios!

 

1) Relacionamento X Venda

Como citamos acima, a propaganda não pode mais ser intrometida, precisamos aprender a entrar na conversa, ou seja, nosso objetivo aqui é criar conteúdo que seja relevante para nosso cliente, através de relacionamento. Diferente daqueles posts em tom imperativo (compre, venha, faça) nosso conteúdo deve responder dúvidas e compartilhar informações que facilitem a vida do nosso cliente. A venda é uma consequência desse relacionamento. Pense nisso!

 

2) Planejamento é tudo

Se não sabemos onde queremos chegar, como vamos trilhar o caminho? Nas redes sociais não é diferente. É necessário definir quem é o seu público alvo, quais são os seus diferenciais, quais temas serão abordados, que tipo de formato será usado (foto, vídeo, live, artigo, e-book, etc), qual será o layout/design das suas postagens, etc. O planejamento é o pontapé inicial para colocar em prática uma estratégia de marketing nas redes sociais e também servirá como guia conforme as ações forem acontecendo.

 

3) Esteja presente!

Quem é visto, é lembrado. Não adianta ter perfil criado em todas as redes sociais e não aparecer, ou só aparecer de vez em quando. Uma rede social fantasma é o pior erro que pode ser cometido na sua estratégia digital. Faça um cronograma de postagens para facilitar a sua constância. Defina o que será postado e em qual dia da semana. Assim você poderá se organizar melhor e terá oportunidade de criar postagens mais relevantes e criativas!

 

4) Mensure e faça testes

É muito importante analisar a trajetória para definir novos objetivos. Pelo menos uma vez a cada dois meses, mensure os resultados de crescimento, o que deu certo e o que não deu, qual tipo de postagem teve mais engajamento e etc. Ao analisar esses resultados você poderá investir mais tempo criando conteúdo que seus seguidores e fãs já gostam de consumir.

Outra dica é testar formatos e plataformas diferentes. Na internet, o teste e acerto conta muito! Esteja disposto a testar as novas redes sociais, novas mídias e descubra de repente novos públicos e oportunidades.

Usar as redes sociais e as novas mídias para vender mais é hoje a melhor estratégia de marketing. A Opend – estratégia e design sob medida para você – oferece planejamento completo para suas redes sociais e todo suporte em marketing digital necessário para você como empresa alcançar os seus objetivos!

Conte com a gente, que tal marcarmos um bate-papo?

Branding: como usar a era digital para agregar valor à sua marca

4 de julho de 2017 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

É inegável que a internet alterou nosso modo de vida em inúmeros aspectos. Tivemos que nos reinventar, descobrir e criar novos caminhos para acompanhar essa mudança que a era digital nos trouxe. Hoje, cerca de 58% de brasileiros estão conectados à rede, o que representa 102 milhões de pessoas, e a média de tempo gasta no ambiente virtual é de 9 horas por dia, considerando o tempo gasto com o uso de computador e dispositivos móveis.

Com todo esse potencial de alcance, a internet é uma ferramenta extremamente útil no branding. Agregar valor à uma marca, produto ou serviço de forma efetiva e duradoura é um desafio gigantesco e a internet pode ser uma facilitadora neste processo. No entanto, é necessário saber como aproveitar essa ferramenta de forma estratégica porque assim como o potencial de ganho para o negócio é amplo, uma estratégia errada ou mal feita pode gerar péssimos resultados rapidamente.

Relacionamento é a alma do negócio

A principal característica da internet é a possibilidade de uma relação de proximidade e interação entre consumidor e marca. Desenvolver um relacionamento exige um conhecimento amplo das características e até mesmo dos hábitos do cliente. É preciso considerar não apenas o conteúdo que ele consome, mas também as plataformas e dispositivos que são usados e assim adaptá-lo aos diferentes públicos para tornar a experiência do usuário mais dinâmica e prazerosa possível.

Vale ressaltar também, que a internet proporciona uma participação direta do consumidor na construção da imagem da marca pela viabilidade de avaliação de produtos e serviços, de forma rápida e pública. Todos podem ter acesso às opiniões de outros consumidores, o que obviamente influencia na decisão final de compra, por isso a importância do relacionamento com o cliente. O branding não transforma sua marca, ele ressalta os pontos positivos e deixa mais evidente o que ela já é e representa. Logo, é imprescindível que tenha-se bem definido o posicionamento e motivações da marca antes de iniciar o processo de divulgação e posicionamento.

 

4 dicas práticas de Branding Digital

1) A internet fornece diversas plataformas com inúmeras formas de uso, mas de nada adianta colocar um conteúdo no Instagram se o seu cliente usa apenas Facebook. O perfil do cliente vai te guiar para a melhor plataforma, desde a produção das pautas até o formato dos conteúdos. Use e abuse das mídias sociais! Facebook, YouTube e Instagram são os queridinhos do momento, mas atualize-se sobre os novos aplicativos e plataformas que estão sendo lançadas. Muitas vezes chegar primeiro pode te dar uma boa vantagem sob os concorrentes.

2) Cumpra o que você propõe. Se abrir um página no Facebook que tem uma proposta de interação forte é preciso estar preparado para a demanda que isso pode gerar. Administrar e responder os comentários e mensagens com agilidade e empatia com o consumidor em potencial é o básico que se precisa fazer para manter um bom relacionamento com o cliente.

3) Apenas ter um perfil no instagram ou um blog que nunca é atualizado, é o mesmo que não ter nada. O branding exige uma constância da marca com o compromisso de ter sempre conteúdos relevantes e novos. É melhor ter um perfil em apenas uma plataforma e conseguir atender e interagir bem com o público do que ter várias contas em plataformas diferentes e não alimentá-las com frequência.

4) O conteúdo criado precisa ser relevante e causar um identificação no cliente. Foto, vídeo, texto ou qualquer outro formato, deve conversar com o cliente tanto na parte visual como apresentar informações valiosas e diferenciadas. Fique atento no que está rolando na internet e dialogue com isso. Vocabulário, memes e virais podem ser uma fonte infinita de conteúdo e inspiração.

O branding digital é a personalidade online da marca e o ideal é transformar clientes em fãs que amam, falam bem e recomendam seu serviço ou produto. Essa relação precisa ser construída com transparência e autenticidade, pois qualquer deslize pode comprometer a reputação online que demorou anos para ser construída.

Quer saber como aplicar esses conceitos e fazer sua marca bombar na internet? A gente pode te ajudar com isso. Vem contar suas ideias para a Opend – estratégia e design sob medida pra você!

Feedback: qual é o peso e a medida?

13 de junho de 2017 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

Acompanhe o depoimento e dicas do site Administradores pela Coach Deborah Toschi sobre Feedback. Descubra qual é o peso e a medida correta que os gestores devem adotar.

Faz 20 anos que atuo na área de Desenvolvimento Humano. Desde sempre, ou seja, estamos falando aqui da década de 90, vejo o tema Feedback como alvo de atenção e preocupação entre os assuntos relacionados a gestão de times e liderança.

O grande “Q” da questão é sempre o peso e a medida que os gestores devem adotar no momento do feedback. Como falar? Quanto? Quando?

Fico aqui pensando se isto é algo tão importante e preocupante, seria bem interessante que este tema fosse alvo de um “case interview” para os líderes. Mas, vamos entender o que se passa na pele dos gestores. Aqueles que já vivem este cenário sabem muito bem que nem sempre é fácil. Ter a certeza e a segurança entre o peso e a medida do que é importante compartilhar com seus funcionários é algo que requer cuidado.

Eu mesma tenho algumas passagens complexas na minha trajetória. Escrevendo este artigo me fez recordar um caso bem marcante.

Eu tinha assumido uma equipe recentemente e tinha uma gestora que já apresentava um histórico de feedbacks desafiadores. Logo após o comitê de avaliação, e com os exemplos dos meus pares na memória, fui para uma sessão de feedback com todo o empenho para mostrar aquilo que tinha ouvido. Para mim era um “last call”, pois já tinha um sinal forte de desligamento à vista.

Eu fiquei uma hora e meia com ela…Com fatos e dados (muitos até descritos no relatório) tentei mostrar os pontos ali exemplificados na avaliação 360 graus. Esperava ao menos um sinal de mudança ou pelo menos abertura para que ela considerasse tudo que foi apresentado, mas não adiantou. Depois compartilhei com o meu diretor as reações e ele disse que não gastaria trinta minutos com aquele caso.

Sim, as chances eram mínimas, mas minha premissa sempre foi tentar até a última fase. Por outro lado, existem situações que não vale tanto desgaste e ali também me serviu de exemplo. Contudo, sempre temos que conduzir este processo de forma que fique claro todos os pontos. A mensagem sem sombra de dúvida foi passada.

Quero então compartilhar 5 dicas para aumentar a sua assertividade no momento de Feedback!

  1. Fatos e Dados

Quanto mais informações concretas, exemplos, situações e outros dados você tiver para exemplificar melhor. Nem sempre o nosso discurso por mais dedicado que seja deixará claro aquilo que queremos transmitir. Então, busque estes exemplos.

  1. Ouça e Pergunte

Durante a conversa, principalmente no início e no fim do encontro procure entender, do ponto de vista do funcionário, o que ele tem observado e compreendido sobre as fortalezas e seus pontos de desenvolvimento. Este ponto é muito importante não só para que o outro tenha espaço para colocar seu ponto de vista, mas para que você compreenda o quão próximo ou distante ele está das considerações que ali serão apresentadas. Este fator ajudará no alinhamento da sua comunicação.

  1. Verdade e Consequências

Sempre fale a verdade. Sim, temos a preocupação de sermos muito duros, pois na nossa cultura relacional sempre evitamos conflitos, mas acredite que a verdade sempre é a melhor aliada. Não deixe de dizer os incômodos! Na hora de falar sobre eles, mesmo quando a pessoa não percebe que aquilo é importante, procure colocar de uma forma construtiva. Aqui tem um ponto que é um grande aliado, as consequências. Se você explica o que é esperado e porque é esperado, o seu interlocutor vai aos poucos entendendo as consequências. Se ele olhar para os desafios e trabalhar em cima disso as consequências tanto para ele quanto para o time serão positivas. Caso ele decida não trabalhar estes pontos ele continuará sofrendo as consequências também. O ganho não é para empresa e sim para todos.

  1. Reconhecimento

Todos os avaliados possuem contribuições e competências que agregam valor. Então, você precisa reconhecer estes pontos. Aqui a regra também é a mesma com fatos e dados. O funcionário que é reconhecido se sentirá valorizado, e consequentemente mais encorajado para se desenvolver cada vez mais.

  1. Assumindo compromissos

O último ponto e muito importante é o compromisso. No final da conversa encerre com um espírito de parceria e comprometimento mútuo. É papel do gestor estar disponível para auxiliar e contribuir com o desenvolvimento do funcionário. Assuma este compromisso com ele, e alinhe quais são os pontos que ele se compromete a partir dali. Toda vez que elaboramos um plano de desenvolvimento fazemos com a finalidade que seja possível de ser atingido e que agregue, e não para que lá na frente os resultados esperados não sejam alcançados.

Espero que estas dicas ajudem o seu processo de gestão de equipe e autoconhecimento!

Fonte: Administradores

Na era digital não basta trabalhar o produto e a marca é preciso fortalecer a imagem

26 de outubro de 2016 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

A opend e a Inbox Comunicação se uniram para oferecer uma estrutura mais completa em marketing digital, para profissionais liberais, pequenas e médias empresas

A Inbox Comunicação, agência de marketing digital, conteúdo e assessoria de imprensa, respeitada no mercado, principalmente no alimentício (food service, varejo e gastronômico), sobre o comando da Jornalista Fernanda Lage, veio para suprir uma necessidade que a opend tinha em atender a demanda interna de clientes em marketing digital.

“O novo negócio não diminui a participação da agência em design, pelo contrário, amplia a nossa capacidade de atendimento completo em comunicação”, Alatxeve.

Na era digital não basta trabalhar o produto e a marca é preciso fortalecer a imagem, pulverizar a informação, ampliar a visibilidade e atrair interessados ao seu negócio de forma orgânica”, explica Ivan Alatxeve, diretor de relacionamento da opend . estratégia e design sob medida para você.

A Inbox Comunicação já atendia a opend . estratégia e design na parte de marketing digital. “Foram muitos meses de namoro com a Inbox, testamos os métodos de estratégia e planejamento, aplicando ao nosso próprio negócio. Partimos então para a operação com conteúdo especializado e inbound marketing no geral, tudo direcionado, centralizado ao site da opend. Os resultados foram surpreendentes e nos sentimos seguros para oficializar a nossa união e oferecer o formato de negócio aos nossos clientes”, completa Alatxeve.

“Um dos motivos pelo qual nos levou a aceitar a proposta da opend foi o jeito de trabalhar e atender da agência, como nós, a agência prioriza o relacionamento humanizado e a entrega. Sem dúvidas, demos um grande passo ao unirmos as nossas forças”, destaca Fernanda Lage, ex-diretora de atendimento da Inbox e atual diretora de planejamento e atendimento da opend.

Em apenas um mês de operação conjunta, o novo negócio em marketing digital já está operando em cinco novas empresas, de setores como o de beleza e estética, tecnologia e alimentos, além de profissionais liberais como médico e nutricionista.

“Existe ainda muitas propostas, que surgiram de dentro para fora da empresa, graças ao respaldo da opend junto aos seus clientes”, acrescenta e finaliza Fernanda Lage.

Quem quiser saber mais ou necessitar de marketing digital com resultados, procure a opend . estratégia e design sob medida para você.