A evolução nos pontos de venda e o papel da agência de comunicação

22 de agosto de 2017 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

O conceito de PDV no Brasil vem sendo modificado. Nos últimos anos, a maioria das redes de varejo, principalmente de alimentos, tem passado por um processo de retrofit, termo empregado para se referir à modernização de algum material ou negócio já considerado ultrapassado ou, ainda, à reorganização na aplicação de materiais em geral.

Para contextualizar, tomemos como exemplo o Rei do Mate, cliente da Opend há mais de 6 anos, que passou pelo processo de organização e de evolução dos PDVs em toda a rede. Sempre foi estratégia da marca utilizar quadros de produtos dentro das lojas como principal meio de comunicação interna.

Embora essa forma de comunicação continue até hoje, há pouco tempo foi feita uma reorganização interna, que resultou na combinação de medidas de quadros que fossem complementares.

Alguns novos formatos desses quadros foram estratégicos não somente para melhor ocupação do espaço interno, mas também pela visibilidade e pela economia de escala com o fornecedor de impressão do material final.

Exemplificando: os quadros horizontais ganharam medidas de 1,20 x 60, e os verticais, de 60 x 1,20, com a intenção de serem combinados lado a lado. Existem ainda os quadros 45 x 60, que completam o ambiente e geram noção de organização.

Com as novas definições, as lojas chegaram a um modelo de organização muito apropriado para o espaço interno de que dispõem, contribuindo, inclusive, para a uniformização das lojas.

Como uma agência de design pode ajudar?

A Opend auxiliou o Rei do Mate na definição do padrão de identidade visual dos quadros. O desafio da agência era o de melhorar a comunicação, aumentando a visibilidade da informação no PDV, sem alterar muito as medidas.

Segundo Ivan Alatxeve, diretor de relacionamento da agência, na comunicação interna das lojas da rede, cada quadro representa uma família de produtos.

“Para manter essa métrica, a solução criada foi a de aplicar uma faixa inferior que permitisse a descrição dos produtos sempre no mesmo padrão e local, para que o cliente identificasse mais facilmente o produto que deseja, além de o planograma dos quadros ter ficado mais limpo e objetivo”, destaca Ivan.

Veja alguns exemplos:

Ainda que essas reformas tenham surtido resultado, a informação no PDV deve acompanhar o dinamismo da comunicação e, atualmente, muitas lojas estão evoluindo para painéis digitais exatamente por conta da dinâmica e da aplicabilidade.

A Opend participa do processo criativo da maioria desses materiais de PDV para o Rei do Mate. Se quiser saber mais sobre comunicação nos pontos de venda, fale conosco.

No último artigo sobre a série com o Rei do Mate, mostramos mais alguns materiais que desenvolvemos e que fazem muito sucesso na rede. Clique aqui para vê-los.

Até a próxima semana!