Pão de queijo: o menino dos olhos do Rei

14 de agosto de 2017 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

Embalagens criativas, produto de qualidade e marca forte = explosão de vendas

Quem disse que São Paulo não é a capital do pão de queijo? Bem, pelo menos não é o que diz as vendas mensais do rei das franquias do Brasil, o Rei do Mate.

O copão de pão de queijo, produto lançado há alguns anos é atualmente um dos itens mais vendidos na rede, mensalmente são mais de 8 milhões de pães de queijo dentro dos copões! É pãozinho de queijo que não acaba mais!

Esse case de sucesso do Rei do Mate inclui-se na serie de artigo que iremos publicar contado a história da Opend com o nosso cliente mais antigo, que temos o maior orgulho em fazer parte.

E qual o segredo de tanta aceitação para um produto, de certa forma comum? Certamente não é somente pela qualidade dele, que por sinal é uma delicia, mas tem todo um contexto de marketing envolvido. Porém, o pondo mais interessante dessa história vai muito além de esforços de marketing, tem muito a ver com: persistência.

Antônio Carlos, diretor de marketing do Rei do Mate contou que para o copão emplacar foi preciso de muita persistência. “Chegar a uma criação ideal para o produto não foi o nosso maior gargalo, difícil mesmo foi fazer com que o produto caísse no gosto do cliente. Foi preciso de muita persistência para não desistir”.

Uma aposta contemporânea e visionaria

Toda marca busca uma referência para o seu negócio, e o Rei do Mate, que já se diferenciava pela maneira nova de servir mate, criou um novo ícone para inovar também no modo de servir pão de queijo. A rede foi a primeira no Brasil e no mundo a vender mini pães de queijo em copos, primeiramente com 12 unidades e em seguida com 18.

“Para que esta dinâmica seja sempre crescente e tenha sucesso, é muito importante que a identidade visual dos copos seja sempre atualizada, para criar este dinamismo na família de Pão de Queijo. E esta foi a nossa grande contribuição”, destaca Ivan, diretor de atendimento da Opend.

A ideia do copão foi uma combinação perfeita entre sabor, identificação com a marca e atualidade. Artistas licenciados pela marca e ícones do momento compõem o formato dos copos, que podem ser levados para casa por um preço que o consumidor não percebe o valor do copo, em média de 15 reais para o copão com 18 unidades, podendo variar de preço em cada unidade.

Veja nesse vídeo como a rede utiliza personagens licenciados em suas campanhas.

Esses copos com personagens licenciados são criados periodicamente, incluindo personagens de peso como o Garfield, Tom e Jerry, Romero Britto, Gustavo Rosa, entre outros.

Alguns copos foram criados para colecionar, como os temáticos que a rede lançou com imagens do Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, e ainda as experiências com os copos em 3D. O que acaba instigando o consumidor a consumir mais pães de queijos para aumentar a sua coleção de copos.

Copão com arte tradicional e essa é mantida como base.

Se quiser saber mais como foi esse processo criativo, fale conosco.

E para conhecer um pouco mais dessa história entre a agência e o Rei do Mate leia o nosso ultimo artigo.

Boa leitura e até a próxima semana!

Como conquistar novos clientes usando as redes sociais

28 de julho de 2017 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

As redes sociais tem dominado o dia a dia das pessoas, entre horários apertados e compromissos diários, sempre sobra um tempinho para pegar o celular e dar uma olhada no que está rolando na timeline do Facebook, ver fotos no Instagram ou os novos vídeos disponíveis no canal do YouTube daquele seu artista preferido. Somos consumidos pela velocidade com que as notícias e novidades correm e a melhor forma de estar antenado é se manter conectado nas redes sociais.

Mas, verdade seja dita, ao consumir informação digital, também nos deparamos com muitos anúncios e publicidade. Ninguém quer ficar vendo propaganda por mais consumista que seja! Foi-se o tempo daquele antigo marketing que interrompe, como os comerciais que cortam o filme ou a novela, ou os panfletos entregues no semáforo sem nenhuma estratégia de público-alvo. Hoje o segredo é gerar engajamento e isso só é possível através do relacionamento entre empresa e cliente. Ainda bem que o marketing digital permite hoje, que qualquer tipo de empresa, independente do seu segmento de atuação ou tamanho, tenha a oportunidade de divulgar seus produtos e serviços e principalmente de alcançar novos clientes e seguidores com baixo investimento, usando muita criatividade.

Já que o uso das redes sociais não é mais uma tendência, mas uma atitude presente diariamente, como sua empresa pode usar esses canais para vendas? Veja algumas dicas importante para começar hoje a usar as redes sociais para negócios!

 

1) Relacionamento X Venda

Como citamos acima, a propaganda não pode mais ser intrometida, precisamos aprender a entrar na conversa, ou seja, nosso objetivo aqui é criar conteúdo que seja relevante para nosso cliente, através de relacionamento. Diferente daqueles posts em tom imperativo (compre, venha, faça) nosso conteúdo deve responder dúvidas e compartilhar informações que facilitem a vida do nosso cliente. A venda é uma consequência desse relacionamento. Pense nisso!

 

2) Planejamento é tudo

Se não sabemos onde queremos chegar, como vamos trilhar o caminho? Nas redes sociais não é diferente. É necessário definir quem é o seu público alvo, quais são os seus diferenciais, quais temas serão abordados, que tipo de formato será usado (foto, vídeo, live, artigo, e-book, etc), qual será o layout/design das suas postagens, etc. O planejamento é o pontapé inicial para colocar em prática uma estratégia de marketing nas redes sociais e também servirá como guia conforme as ações forem acontecendo.

 

3) Esteja presente!

Quem é visto, é lembrado. Não adianta ter perfil criado em todas as redes sociais e não aparecer, ou só aparecer de vez em quando. Uma rede social fantasma é o pior erro que pode ser cometido na sua estratégia digital. Faça um cronograma de postagens para facilitar a sua constância. Defina o que será postado e em qual dia da semana. Assim você poderá se organizar melhor e terá oportunidade de criar postagens mais relevantes e criativas!

 

4) Mensure e faça testes

É muito importante analisar a trajetória para definir novos objetivos. Pelo menos uma vez a cada dois meses, mensure os resultados de crescimento, o que deu certo e o que não deu, qual tipo de postagem teve mais engajamento e etc. Ao analisar esses resultados você poderá investir mais tempo criando conteúdo que seus seguidores e fãs já gostam de consumir.

Outra dica é testar formatos e plataformas diferentes. Na internet, o teste e acerto conta muito! Esteja disposto a testar as novas redes sociais, novas mídias e descubra de repente novos públicos e oportunidades.

Usar as redes sociais e as novas mídias para vender mais é hoje a melhor estratégia de marketing. A Opend – estratégia e design sob medida para você – oferece planejamento completo para suas redes sociais e todo suporte em marketing digital necessário para você como empresa alcançar os seus objetivos!

Conte com a gente, que tal marcarmos um bate-papo?

Como deixar seu cliente 100% satisfeito usando um bom briefing

23 de maio de 2017 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

Em sua viagem de férias, você decidiu cair na estrada sozinho. O plano era dirigir até o litoral e acampar na praia por alguns dias e depois seguir. Porém, a estrada que você é familiarizado está interditada e outro caminho precisa ser feito. Por não conhecer as redondezas, você prefere adquirir um mapa rodoviário que está exposto na banca, entre vários formatos, tamanhos e cores. Ao perguntar para o vendedor qual deles seria o melhor, a resposta é simples: o mapa mais detalhado o levará ao seu destino sem o risco de se perder.

Na hora de desenvolver qualquer trabalho, a função de um briefing se assemelha a de um mapa. Ele é uma ferramenta super importante, com dados essenciais para saber como e onde se quer chegar. Informações como: quem é seu público, seu concorrente, como está o seu mercado ou qualquer pergunta importante para o processo de criação, é o que vai trazer os resultados esperados e ajudar no desenvolvimento da campanha, de forma prática.

​”Saber onde se quer chegar, com quem se quer comunicar, conhecer seus adversários, entender o que me torna diferente são armas importantes de venda, logo, para qualquer projeto o briefing é essencial pois sem esse direcionamento fica impossível dar um tiro certeiro”, comenta a Diretora de Arte da Opend, Fabiana Batista.

Acertando na elaboração de um briefing

Ainda de acordo com Fabiana, o briefing deve ser visto como item chave para o planejamento e precisa ser elaborado antes do início de qualquer projeto de criação. Além disso, ele será o norte em todo o processo de desenvolvimento.

Outro elemento importante é conhecer a fundo com quem você irá trabalhar e o cenário em que atua. Tendo isso em mente, recolha o máximo de informações. Qual é a missão, valores, público-alvo, produtos e concorrentes são algumas das perguntas que não podem faltar no seu briefing. A partir do perfil de cada um e de acordo com o contexto, as perguntas podem e devem variar.

Chegou a hora de conhecer o trabalho que seu cliente quer que seja criado e tentar organizar as ideias de forma prática. Fique atento aos detalhes. Eles podem fazer uma diferença gigantesca para o time ou pessoa que vai executá-lo. Entender por quais motivos a demanda apareceu, é um pontapé inicial que ampliará a visão do projeto. Por consequência, o objetivo final esperado pelo cliente poderá ser analisado de maneira nítida facilitando a criação e execução da tarefa.

As plataformas de veiculação irão definir os objetos de criação. Aqui existe um mundo de possibilidades. Entender o que o cliente busca em cada plataforma é a melhor forma de desenvolver um produto mais próximo de chamar a atenção público-alvo. Conheça também, o histórico do cliente nas mesmas plataformas. Se já foi feito algo similar antes e quais foram os resultados.

Por fim, os prazos. Desenvolva um cronograma de acordo com o tempo e recursos disponíveis, respeitando os processos e etapas de produção. Uma boa sugestão tentar prever as dificuldades e antecipar resoluções para não influenciar a agenda final. Se preciso, acrescente informações que você acha relevante ou que o cliente sugerir.

Mas preciso mesmo fazer um briefing?

O briefing não é obrigatório, mas aumenta muito a probabilidade de resultados satisfatórios, pois atua como facilitador na execução do trabalho. E uma última dica: o briefing pode ser um material a mais para o cliente conhecer melhor o seu próprio negócio. Dedique-se nesse processo, ouça seu cliente e se familiarize com ele.

Aqui na Opend – estratégia e design sob medida pra você – o seu briefing se torna realidade. Somos especialistas em transformar ideias e objetivos em soluções concretas para o seu negócio. Que tal bater um papo com a gente? Entre em contato conosco.

A Identidade Visual como estratégia de negócio

17 de maio de 2017 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

Você sabia que a identidade visual pode ser um fator decisivo na escolha entre sua empresa e a concorrência? Uma identidade visual estrategicamente criada é aquela que consegue comunicar valores, ideais e a essência da empresa através da junção entre símbolos, cores, fontes e informação. Muitas empresas se preocupam com o plano de negócios, equipamentos, atendimento e deixam de lado essa ferramenta tão poderosa que é a identidade visual.

A sua marca deve transmitir visualmente qual seu segmento e o que você entrega, seja produto ou serviço. A primeira impressão sobre sua empresa tem tudo a ver com a imagem gráfica que ela representa, portanto, investir em uma criação profissional, criativa e inteligente da sua marca, fará toda a diferença na forma como será consumida no mercado.

A Diretora de Arte da Opend, Fabiana Batista comenta sobre a relevância desse processo “Não é demais falar que identidade visual é aquilo que define e torna uma pessoa ou empresa, produto ou serviço, único. Comunicar isso bem, de forma profissional e objetiva é o desafio de uma empresa que trabalha com Branding/Design.​”

Como criar a identidade visual ideal para minha empresa?

Antes da criação do logotipo e materiais de apoio, como: cartão de visitas, flyer, papel timbrado, pasta comercial, embalagens, etc, é preciso ter muito bem definido qual é a imagem que sua empresa quer passar. Independente do tamanho da sua empresa, seja de pequeno, médio ou grande porte, todo negócio tem o objetivo de entregar uma solução ao cliente, ou seja, para que sua identidade visual comunique simbolicamente, sua empresa deve ter muito claro, seus diferenciais.

Como a identidade visual é uma junção de informações e elementos, levar em consideração cores e fontes, por exemplo, pode ser algo que chame mais ou menos atenção para o seu negócio. Os símbolos comunicam, cada cor ou fonte tem um significado diferente.

No processo de criação a pesquisa desses elementos é feita de acordo com o mercado e o objetivo da empresa. “Basicamente ao termos as informações para seguir adiante, o desenho que irá representar tudo isso nascerá de pesquisas de signos, combinações de estilos tipográficos e cores que retratam a essa essência da empresa”, comenta Fabiana.

Padronização da Identidade Visual

Entendemos que a identidade visual de uma empresa ajuda os consumidores a reconhecer seus valores e diferenciais no mercado. Nosso subconsciente e emoções são o que determinam a compra, e os elementos visuais usados em uma identidade influenciam essa experiência. Por isso, é importante manter o padrão e a consistência na aplicação da sua marca.

Aplicar a sua identidade visual nos materiais de apoio, em todo tipo de divulgação, eventos e conteúdo é o que vai posicionar sua marca na mente do seu público-alvo. Se uma marca tem ligação direta com ações relevantes, a preferência do consumidor, é certa. Quem é visto, é lembrado. Apareça de forma consistente!

No portfolio da Opend estratégia e design sobre medida pra você., você pode conhecer várias marcas que foram criadas estrategicamente para posicionar empresas no mercado e gerar relevância na mente do consumidor. Sua empresa também pode fazer parte da nossa vitrine de cases de sucesso! Entre em contato conosco para a criação de identidade visual, embalagens e materiais de apoio.

Na era digital não basta trabalhar o produto e a marca é preciso fortalecer a imagem

26 de outubro de 2016 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

A opend e a Inbox Comunicação se uniram para oferecer uma estrutura mais completa em marketing digital, para profissionais liberais, pequenas e médias empresas

A Inbox Comunicação, agência de marketing digital, conteúdo e assessoria de imprensa, respeitada no mercado, principalmente no alimentício (food service, varejo e gastronômico), sobre o comando da Jornalista Fernanda Lage, veio para suprir uma necessidade que a opend tinha em atender a demanda interna de clientes em marketing digital.

“O novo negócio não diminui a participação da agência em design, pelo contrário, amplia a nossa capacidade de atendimento completo em comunicação”, Alatxeve.

Na era digital não basta trabalhar o produto e a marca é preciso fortalecer a imagem, pulverizar a informação, ampliar a visibilidade e atrair interessados ao seu negócio de forma orgânica”, explica Ivan Alatxeve, diretor de relacionamento da opend . estratégia e design sob medida para você.

A Inbox Comunicação já atendia a opend . estratégia e design na parte de marketing digital. “Foram muitos meses de namoro com a Inbox, testamos os métodos de estratégia e planejamento, aplicando ao nosso próprio negócio. Partimos então para a operação com conteúdo especializado e inbound marketing no geral, tudo direcionado, centralizado ao site da opend. Os resultados foram surpreendentes e nos sentimos seguros para oficializar a nossa união e oferecer o formato de negócio aos nossos clientes”, completa Alatxeve.

“Um dos motivos pelo qual nos levou a aceitar a proposta da opend foi o jeito de trabalhar e atender da agência, como nós, a agência prioriza o relacionamento humanizado e a entrega. Sem dúvidas, demos um grande passo ao unirmos as nossas forças”, destaca Fernanda Lage, ex-diretora de atendimento da Inbox e atual diretora de planejamento e atendimento da opend.

Em apenas um mês de operação conjunta, o novo negócio em marketing digital já está operando em cinco novas empresas, de setores como o de beleza e estética, tecnologia e alimentos, além de profissionais liberais como médico e nutricionista.

“Existe ainda muitas propostas, que surgiram de dentro para fora da empresa, graças ao respaldo da opend junto aos seus clientes”, acrescenta e finaliza Fernanda Lage.

Quem quiser saber mais ou necessitar de marketing digital com resultados, procure a opend . estratégia e design sob medida para você.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Microsoft faz maior aquisição de sua história e compra a rede profissional Linkedin

13 de junho de 2016 - opend [ estratégia e design ] sob medida para você!

Acordamos hoje com a notícia que está movimentando o mundo dos negócios digitais. A Microsoft acaba de comprar a Rede social profissional Linkedin pelo valor de U$$ 26 bilhões, maior aquisição feita pela Microsoft até hoje, superando até mesmo a compra do Skype, que na época foi realizada por U$$ 8,5 bilhões, em 2011.


Leia mais… “Microsoft faz maior aquisição de sua história e compra a rede profissional Linkedin”